Links na bagagem :: Leituras do mês #2

Como toda boa lista de leitura, a do mês de junho tá bem variada! Podia estar maior? Podia, mas foi um mês puxado e com leituras offline também, que em breve devem virar posts! Bom, se tem algo bacana que você acha que podia estar por aqui e não está, me avisa, comenta, reclama, enfim, dá um toque! 😉

deMilked :: Photographer Points Camera to the Other Side of the Popular Landmarks

riodejaneiro

Todo mundo já conhece bem o visual dos cartões-postais mais famosos do mundo, mas o fotógrafo britânico Oliver Curtis resolveu registrar o outro lado de alguns deles. Literalmente: ele fotografa o que está em frente ao monumento. É bem bacana para ampliar um pouco a noção de o que é estar em determinado lugar, afinal, nunca é só o Cristo Redentor ou só a Estátua da Liberdade, tem um entorno e outros elementos que complementam a experiência, né? Adorei essa série de fotos!

Blog do DPH :: Giro pelas avenidas Ipiranga e São João concentra prédios emblemáticos de São Paulo

copan-rhcastilhos

O Departamento do Patrimônio Histórico da cidade de São Paulo inaugurou recentemente um blog bem bacana, que conta um pouco da história de cada monumento, como funciona o trabalho do departamento, tem dicas de passeios, enfim. Um dos posts mais legais é esse que reúne construções no eixo das avenidas Ipiranga e São João. É só organizar que dá para ver todos num só passeio!

Viaje na Viagem :: Brexit: o que muda para o turista brasileiro?

brexit

No fim do mês passado, o Reino Unido decidiu por meio de um plebiscito sua saída da União Europeia. As consequências dessa decisão histórica ainda estão sendo analisadas, mas uma das maiores preocupações dos brasileiros foi: e aí, como fica viajar para lá? Nesse texto do Ricardo Freire, tá tudo muito bem explicadinho – spoiler alert: por enquanto não muda nada!

#cool :: Roteiro de 6 dias em Nova York

Nova-York-Dia-3

A minha amiga Melissa Pio fez uma viagem bem intensa pra Nova York, cheia de passeios e emoções (ganhou até um pedido de casamento do namorado <3).  Tudo o que fez por lá rendeu posts e agora estão todos reunidos neste link acima, com direito a mapa e pdf do roteiro, o que ajuda bastante quem tem pouco tempo e não quer perder as principais atrações 😉

BBC Brasil :: “Ser mulher nos EUA não é tão melhor do que ser mulher no Brasil”

hilary

Da série “textos que gostaria de ter escrito”, esse relato da Nana Queiroz, diretora da revista AzMina e criadora do protesto Eu Não Mereço Ser Estuprada conta que, no quesito machismo, o país norte-americano não está tão melhor do que o nosso, não, infelizmente. No artigo, ela fala sobre sua experiência morando nos EUA e aborda temas como licença maternidade, cantadas, estupro e mercado de trabalho.

Go to Gate :: Aparência, higiene e autodidatismo ao viajar

bruna

Pra quem vai encarar uma viagem longa ou mais roots, os hábitos de higiene, cuidados pessoais e até nossa própria vaidade acabam se adaptando às novas condições. A Bruna Caricati (que já passou por aqui no Travel Tattoo) conta um pouco de como cuida do cabelo, das unhas e das roupas durante uma viagem e dá dicas úteis para deixar todos esses processos mais práticos e fáceis!

UOL Viagem :: Tradada com respeito pela 1ª vez em aeroporto, trans emociona a internet

indianara-siqueira-ativista-trans-1461029841019_615x300

Esse é o link “vale a pena ver de novo”, que não é de junho, mas merece muito um destaque por aqui. A matéria foi escrita pela Denise de Almeida, amiga e ex-colega de UOL, que arrasou muito na reportagem, tocando em um assunto pouquíssimo tratado no mundinho do turismo (e também em outras várias esferas) que é a transexualidade – no caso, como viajam as trans? São tantas dificuldades que a gente nem imagina e nessa matéria há diversos relatos tensíssimos, que mostram o quanto há de preconceito e desrespeito. É um belo tapa na cara, reportagem super necessária!

Follow the Colours :: 5 momentos inspiradores com a natureza para experimentar com os filhos

filhos_natureza

Achei super bonito esse texto e essa preocupação de uma mãe em proporcionar ao filho um contato mais profundo com a natureza. Parece tão simples, mas às vezes passa batido. Você lembra qual foi o primeiro pôr do sol que você viu? Nós adultos já não nos impressionamos com tanta facilidade, mas para uma criança tudo é novo e fantástico. Sem contar que a contemplação de uma paisagem pode nos ensinar tanto… Leiam, sério, parece óbvio mas te faz pensar em cada experiência ❤

Anúncios

Links na bagagem :: Leituras do mês #1

Sim, sim, sim! A seleção dos favoritos do blog voltou! Só que agora vou fazer a listinha com menos frequência, uma vez por mês, para reunir só o creme de la creme e conseguir cumprir a meta. Afinal, apesar do meu ritmo estar mais lento, as leituras não pararam. Então acho justo que a seção do blog volte aos poucos também. Quem sabe um dia eu volto a fazer toda semana, né?

Já sabe o esquema? Se o texto te interessou, é só clicar no título da matéria em destaque e ler mais 🙂

CNN :: The secret lives of your fellow plane passengers

links1

O que será que se passa na cabeça dos outros passageiros que dividem o mesmo avião que você? Quem são eles, como vivem, do que se alimentam? Qual história daquela viagem? Toda vez que eu viajava para o Rio de Janeiro para visitar meu pai, passava as seis horas de viagem de ônibus imaginando esse tipo de coisa e com vontade de entrevistar os passageiros. Pois finalmente criaram um projeto para ouvir as pessoas que estão em trânsito: durante um voo, a idealizadora da ação passou de mão em mão um bloquinho com perguntas e coletou inúmeras histórias incríveis!

Razões para acreditar :: Museu da Empatia coloca você no lugar de outras pessoas

links5

A ideia do museu é simples e genial: colocar os visitantes no lugar do “outro” e tentar promover a empatia. Se isso é realmente possível eu não sei, mas a intenção é essa e eles fazem isso com um ato simbólico: o visitante calça sapatos alheios, para e ouve um áudio com depoimentos do dono do sapato. Mais legal ainda é que montaram uma estrutura para abrigar o museu que simula uma caixa de sapatos.

New York Times :: “Eat, Pray, Love” and Travel

links2

O best-seller “Comer, Rezar, Amar”, escrito por Elizabeth Gilbert, completa 10 anos e a editora Riverhead Books lança agora uma publicação comemorativa: são 47 histórias de pessoas que se inspiraram na jornada da autora para fazerem suas próprias viagens. Em entrevista ao New York Times, ela fala sobre viagens e faz uma reflexão interessante: talvez a versão mais inocente e verdadeira de nós mesmos é esquecida na vida adulta e viajar é um jeito de revisitar esse nosso lado que foi deixado pra trás. ❤

Diário de Bicicleta

diariodebike

O jornalista Pedro Sibahi fez uma viagem incrível de bike pela América Latina saindo do Brasil e passando pelo Paraguai, Argentina, Chile e Bolívia. Estive acompanhando suas aventuras na página do Facebook do projeto, além do site em si. Estou andando cada vez mais de bike e foi uma inspiração e tanto ler os relatos dos passeios e perrengues dessa viagem – e começar a sonhar em fazer uma também.

Viaje na Viagem :: Casa particular em Cuba

links7

A Mariana Amaral fez uma viagem recentemente para Cuba e vem fazendo posts no site Viaje na Viagem. Um dos que mais gostei é esse, sobre as casas particulares de Cuba, talvez por ter sido uma das experiências mais legais que já fiz em viagens. Ela relata como foi a sua busca e o que encontrou nas hospedagens, além de dar dicas preciosas de como reservar e se planejar. “Estar hospedado em uma casa particular é ter o privilégio de poder espiar como é a vida de uma família cubana um pouquinho mais de perto”.

The New Yorker :: The Secret Lives of Amtrak Passengers

links6

A série “In Search of Great Men” do fotógrafo McNair Evans revela por meio de imagens um pouco da vida – e dos sonhos, dificuldades, anseios, confusões – dos passageiros que atravessam os Estados Unidos de trem. A reportagem conta como foi esse processo e mostra que muitos dos viajantes fotografados passavam por momentos de transição em suas vidas. “Uma viagem pode promover um renascimento ou pode matar um sonho”, disse um dos retratados.

Viagem sem fim :: As viagens de Mia Couto

Mia-Couto©Bel-Pedrosa

Meu amigo Daniel Ribeiro estreou recentemente seu blog Viagem Sem Fim no Estadão e já começou em alto estilo publicando uma entrevista com o escritor moçambicano Mia Couto. A troca de ideias é inspiradora, tem memórias de infância, questionamentos e traz um olhar bem diferente e sensível sobre o assunto. “[As Viagens] só mudam se as pessoas viajarem por dentro. Se elas estiverem disponíveis para o encontro, se estiverem disponíveis a deixarem de ser quem são”. Coisa linda! ❤

360meridianos :: Na natureza selvagem e a síndrome de Alex Supertramp

links3

Esse texto eu até compartilhei na página do Papetes no Facebook, porque achei incrível essa análise sobre o porquê da saga de Christopher McCandless, que inspirou o livro e o filme “Na Natureza Selvagem”, ter se tornado tão fascinante. O roteiro de sua peregrinação até o Alasca inclusive é feito por centenas de viajantes.

Entre os pontos interessantes que foram levantados pela autora Natália Becattini, gosto deste trecho: “(…) é alentador imaginar que as respostas às nossas preocupações e vazios existenciais estão escondidas em algum lugar no meio da natureza. Ou talvez tenhamos que ir tão longe em nossas jornadas pessoais para chegar à mesma conclusão de Chris McCandless em seus últimos dias: ‘A felicidade só é real quando partilhada'”.

Links na bagagem :: Leituras da semana #15

Sem lero lero: vamos aos links da semana?

Projeto Bucket List – Mochileiro das Maravilhas & Vou Contigo

Acompanho o trabalho do Daniel Thompson (aka Mochileiro das Maravilhas) há um tempão, desde que começou a colaborar no UOL, e adoro seus vídeos e relatos de viagem. De lá pra cá, ele visitou as Sete Maravilhas Naturais do Mundo, as cidades-sede da Copa de 2014 e agora tá visitando os lugares dos sonhos dele e de muita gente (opa, dos meus também o/) com o projeto Bucket List, junto com o Átila Ximenez, do blog Vou Contigo.

Ia escolher um episódio, mas vou indicar logo a série toda e a playlist de vídeos no youtube! Tá bem bacana, com imagens lindas e bastante bastidores das aventuras dos dois. Para dar água na boca, se liga no teaser do projeto. Vale acompanhar!  😉

Esse cara vai salvar tua vida com suas meias e roupas luminosas – The Summer Hunter

bike dots

Antes de mais nada: que projeto mais bacana esse de criar um site com conteúdo temático sobre o verão! A Dani Majori que me apresentou e tem muita coisa interessante por lá! Uma das pautas é sobre a iniciativa de Michael  Cherman, que colou fitas adesivas que brilham no escuro em suas meias para andar de bike à noite – ele percebeu que com o movimento das pedaladas a luz refletida teria um alcance maior. Daí ele desenvolveu roupas e acessórios com esses detalhes brilhantes, tudo muito estiloso e funcional. O vídeo promocional é todo em preto e branco feito em Nova York ❤

Museu Lasar Segall reabre com exposição 

lasar segall

Um dos meus lugares favoritos em São Paulo, o Museu Lasar Segall reabriu em agosto após meses de reforma. E em alto estilo, com uma exposição para marcar a nova fase: “Mário de Andrade e seus dois pintores: Lasar Segall e Candido Portinari”, que fica em cartaz até o dia 6 de outubro. Eu curtia ir lá assistir filmes na pequena sala de cinema e depois emendar um café. Fica a dica de passeio 😉

Domingão de sol no Minhocão, o passeio mais fotogênico da cidade – Viaje na Viagem

minhocao29

Ok, eu sei, é uma falha de caráter nunca ter ido ao Minhocão de domingo – e agora sábado também. O Ricardo Freire explica por A + B + belas fotos porque é tão legal fazer esse passeio em São Paulo e ressalta que o rolê pode estar com os dias contados, afinal, muito se discute sobre uma transformação no elevado. Por enquanto, vale ficar ligado nos programas culturais que rolam to-do fim de semana por lá 🙂

11 Movies that make you want to visit New York City – NYCGo

GhostbustersFireStation_V1_460x285

Adorei essa lista, com filmes de várias épocas que se passam em Nova York. A maioria são clássicos, como “Harry & Sally”, “Os Caça-Fantasmas”, “Noivo Neurótico, Noiva Nervosa” até o mais atual “Birdman”. No final de cada descrição, tem também uma indicação de lugares mostrados nos filmes para visitar.

Será que não falta um pouco de realidade nos blogs de viagem? – Achados

blogs viagem

A Adriana Setti faz uma reflexão sobre o quanto chapa branca estão ficando os blogs de viagem – ou será que sempre foram? Acho que tem blogs e blogs, tem coisa muito bem feita, tem coisa tosca, enfim, assim como qualquer coisa na internet. Mas acho que vale refletir sobre isso sempre.

Turismo é um mundo cor-de-rosa mesmo, ainda mais porque rola uma tendência em ignorar todos os perrengues para ressaltar tudo de incrível que foi visto em uma viagem. Só que a vida nem sempre é assim tão mágica né? Filas, atrasos, mau atendimento e até acidentes podem acontecer e é bom que quem escreve seja sincero e mostre os dois (ou mais) lados de uma experiência – princípio básico do jornalismo, né! Espero conseguir fazer isso sempre 🙂

Links na bagagem :: Leituras da semana #14

Dei um tempinho de links para isso aqui não virar só um blog com minhas leituras favoritas – com a falta de tempo, é fácil fácil isso acontecer. Mas olha, esses dias têm rendido muita coisa bacana, nem sei se vai caber tudo aqui! 😮

Então, excepcionalmente em uma terça-feira, seguem os links das últimas semanas!

Caçador de Aurora Boreal diz perder noção de espaço e tempo com luzes no céu – Vidaria

marcobrotto

Já falei do Vidaria, projeto da Gabriela Gasparin, por aqui. O blog que virou livro reúne textos e entrevistas feitos pela jornalista com pessoas de diferentes mundos, todas respondendo qual é o sentido da vida. Dessa vez, ela conta a história do Marco Brotto, que já fez 15 expedições para o Ártico em busca da Aurora Boreal e já passou por lugares como Noruega , Alasca, Rússia , Islândia , Finlândia e vários outros. Lendo o texto só dá ainda mais vontade de viajar, ver o fenômeno e sentir todas essas sensações que o Marco conta para a Gabi. A foto acima é dele, inclusive 😉

Kama Seatra: What’s Your Sky-High Slumber Style? – The Huffington Post

kamaseatra

Quão sensacional a ideia de fazer um “kamasutra” de posições… para dormir em um avião? Hahaha eu adorei e me vi em várias delas – afinal, cada hora tentamos de um jeito né? Essa posição aí de cima, que escolhi para ilustrar o post, pra mim não funciona muito para dormir, mas ajuda a alongar as costas. E a sua preferida, qual é? Entra lá e relembre esse momento tãããão agradável das viagens 😦 Dá até uma deprê né? Então vamos de link extra: Dicas para (tentar) dormir melhor durante os voos.

Café temático inspirado em Breaking Bad é inaugurado em Istambul – Follow the Colours

breakingbad

Quero minha passagem para Istambul agora! Outra ideia incrível e realizada de forma super caprichosa. O ambiente é todo inspirado no laboratório de metanfetamina retratado na série, os funcionários usam as roupas que o Walter White e o Jesse usavam na fabricação da substância, há tabela periódica nas paredes e o melhor: eles fazem o cristal azul, só que de açúcar e decora alguns cupcakes vendidos por lá! ❤

Estudo prova que passar pelo menos quatro dias na natureza sem tecnologias aumenta a criatividade em até 50% – Jardim Saúde

natureza

Esse link eu até já compartilhei na página do Papetes no Facebook, indicação da Gabi Gasparin (ela de novo! rs). Smartphone, iPad, Netflix, é tanta coisa que está presente no nosso cotidiano que fica difícil largar em uma viagem. Só que vale a tentativa, agora tem até estudo para comprovar o benefício que se desligar da tecnologia faz com o nosso cérebro e nosso corpo. Sempre lembro daquelas vinhetas da MTV: Desligue a TV e vá ler um livro. Meio por aí 😉

A história das etiquetas de bagagens dos hotéis de São Paulo – SP Antiga

hotel_danubio

Para quem curte São Paulo e história, esse site é um prato cheio. O autor Douglas Nascimento é pesquisador e publica um monte de fotos antigas e as origens de bairros, ruas, monumentos, enfim, tudo tudo tudo o que é da historia da cidade. Nesse post, ele compartilha com os leitores seu acervo coleção de etiquetas de bagagem de hotéis de São Paulo. Você sabia que existia isso? Esses adesivos eram super descolados, pois eram uma forma de decorar as malas e registrar por onde passou. É uma viagem no tempo que também revela um pouco da arquitetura dos hotéis da cidade.

Dicas para evitar ser roubado na Europa (principalmente em Barcelona) – Achados

Captura-de-Tela-2015-07-24-às-16.53.51-640x395

A Adriana Setti deu umas dicas super práticas para escapar das mãos bobas dos assaltantes na Europa. A gente fica mais tranquilo quando viaja para países europeu, é fato, mas não dá também para relaxar 100% e achar que em lugares movimentados sua bolsa não corre perigo. É bom estar sempre alerta 😉

How To Pronounce The Names of 24 Famous Places You‘ve Mispronounced Your Entire Life – Demilked

nomes

Que tal um pouquinho de aula de pronúncia? Eu to voltando a estudar línguas e to nessa função e achei que esse post veio bem a calhar – ainda mais quando se trata de nomes tipo esse da foto. Mesmo aqueles que você acha que sabe falar, vale dar uma checada, um detalhe ou outro às vezes fazem toda a diferença.

7 dicas para viajar depois dos 60 (ou levar os mais velhos para viajar) – Viaje na Viagem

idosos

Depois do post da Lud sobre hostels que não aceitam pessoas acima de 45 anos (!!!), esse texto recheado de boas dicas da Mariana Amaral, do site do Ricardo Freire, caiu como uma luva. Ela lista cuidados básicos, como a escolha da hospedagem e uma programação mais leve, para quem já está na tal terceira idade – ou para quem planeja viajar com eles. Fica a dica 😉

 

Links na bagagem :: Leituras da semana #13

A semana começou com tudo por aqui, já que vivi uma pequena revolução nos últimos dias com a mudança de trabalho (conto mais sobre isso em breve). Mas as leituras continuaram de vento em popa e foi até difícil escolher o que foi mais interessante para essa edição do Links na Bagagem de tanta coisa legal que rolou! Se tiver sugestões, sinta-se a vontade para deixar um comentário 😉

AirBnb doce AirBnb – #cool

airbnb

Eba, finalmente vou conseguir citar o blog delícia da minha amiga Melissa Pio <3. Por lá só tem coisa bonita de ver: tem decoração, coisas que ela apronta na máquina de costura, itens de consumo (e sonho) e alguns posts de viagem também (já rolaram várias dicas de decoração com mapa!). Mas agora ela começou uma série de posts só com casas e apartamentos lindos de arrasar encontrados no AirBnb. Para quem curte decoração e viagem, não deixe de acompanhar!

O mundo precisa de hostels que aceitem idosos. Ou vai precisar – Mochila Pride

idosos_gettyimages

A Ludmilla Balduino do site da Viagem & Turismo fez uma reflexão bem interessante neste post. Tudo porque ela encontrou um hostel lá em Tel Aviv que restringia a idade para 45 anos! Eu que adoro ouvir e escrever as histórias de viagem da turma da terceira idade (como foi com o Sérgio de Mendoza e com o Marito de Bariloche), achei essa questão super pertinente. Afinal, será que o estilo de viagem de hostel precisa mesmo ser restrito aos jovens? Seria bacana ver espaços assim com facilidades (tipo rampa e elevador) e atividades para os mais velhos.

Coisas que aprendi viajando sozinha – El País

lola

Ok, ok, o título não é dos mais originais e você já deve ter visto um texto parecido em algum momento. Por que destaco esse da Lola Hierra? Porque achei um dos mais sinceros relatos sobre mulher que viaja sozinha que já li. Não gosto de radicalismos, do tipo “toda mulher um dia tem que viajar sozinha”. Se a pessoa não quer e não tem vontade, pra quê que vai? E o texto encerra com uma conclusão dessa, que tem momentos que a gente não tá afim de ficar sozinha. Isso significa que a pessoa é dependente, carente, ingênua etc? Não né! Ou o contrário também: não é porque a pessoa viaja sozinha que seja super independente, seja antissocial ou sei lá mais o que.

Ah, além da parte reflexiva do texto, tem também boas dicas práticas, tipo levar remédios e absorventes daqui, não desconfiar de toooodo mundo (mas não confiar também em toooodo mundo) e a que eu mais gostei: “Não precisa se vestir de Indiana Jones” hahaha. Vale a leitura!

The obsessively detailed map of American literature’s most epic road trips – Atlas Obscura

mapa

“On the Road”, o clássico do Jack Kerouac, é um dos principais romances norte-americanos que falam sobre cair na estrada e atravessar os Estados Unidos de ponta a ponta. Mas existem vários outros, cujos personagens percorrem outros caminhos tão interessantes quanto. E aí, como escolher a sua rota dos sonhos pela terra do tio Sam? Esse mapa te ajuda, mostra vários caminhos percorridos na ficção e te dá comichões de fazer logo uma road trip por lá – tem também a caminhada do livro/filme Wild.

[Sense8: Decoded] Arthur Veríssimo: Culturas e Conexões

Graças a dica da Ludmilla, já citada aí em cima, descobri essa série de vídeos que o Netflix tem feito sobre temas abordados na série Sense8 – que eu já falei por aqui no blog detalhadamente. Tem vídeo sobre transexualidade e mistérios do cérebro, mas esse do Veríssimo, mestre viajante, está demais. Dá uma olhada, é uma piração que só!

Onde está o Wally? Em Hong Kong! – Bússola de livros

wally1

O blog de literatura infanto-juvenil da Thais e da Helo destacou esses dias essa exposição que eu quis morrer quando soube. Sou super fã do Wally, imagina só entrar nessa pequena amostra do universo do personagem? Só de escrever já bate aquela nostalgia da infância. E afinal de contas, o Wally é um turista de primeira né, se não me engano tem mais de um livro dele só dedicado a viagens.

Links na bagagem :: Leituras da semana #12

Mais uma rodada de links bacanas de viagem da semana. Os assuntos estão bem variados: tem dicas úteis, paisagens lindas, relato delícia de ler e, claro, para manter a tradição, filosofias de viagem – logo dois para gente fritar a cabeça ❤

Quanto custa viajar

quantocusta

Minhas amigas Bruna e Dani me alertaram sobre esse site que calcula quanto se gasta em uma viagem de acordo com o destino. É aquela ferramenta que faltava para planejar melhor suas escapadas com mais precisão. Afinal, dá trabalho fazer uma simulação de gastos com alimentação e transporte, principalmente se você quer deixar a viagem mais solta e não vai programar t-o-d-o-s os passeios com antecedência.

Achei a navegação do site super fácil e intuitiva, com bastante informação de atrações e coisas para fazer em cada lugar. Os preços são uma média feita de acordo com as informações passadas por colaboradores. É assim: você viaja e depois e conta lá quanto gastou com cada coisa. Os itens avaliados são hospedagem, passagens, passeios e alimentação. Uma mão na roda!

Dez pensamentos sobre viagens – Viagem Sem Fim

viagemsemfim

O blog de viagens do meu amigo Daniel começou com tudo, cheio de textos interessantes que trazem uma outra perspectiva sobre o tema. O primeiro deles é uma delícia de ler e é um belo manifesto: “A história que conhecemos do mundo são as histórias das viagens de alguém“. Esse do link acima já me ganhou porque reúne frases de escritores, poetas e pensadores sobre o ato de viajar. Uma das minha preferidas e fofinhas: “Viajar é trocar a roupa da alma”, do Mário Quintana ❤

Fotografias em timelapse transformam céu em pinturas impressionistas – Follow the Colours

follow-the-colours-matt-molloy-fotografia-timelapse-07

Para encher os olhos e a alma, uma galeria de imagens impressionante. Fotos que parecem pinturas impressionistas de paisagens por terem sido feitas num esquema de timelapse, uma sobreposição de várias fotografias em camadas – ainda não entendi bem como o designer Matt Moloy fez isso, sei que ficou assim, maravilhoso.

De caiaque na costa de Nápoles – Malaguetas

napoles-malaguetas

Para quem curte arte urbana, design, fotografia e música… salva aí o Malaguetas no favoritos! A autora Estefani Medeiros, ex-colega de UOL, tá há um tempo morando em Berlim. E s rolês que faz pela Europa começaram a ganhar relatos bem bacanas. Esse texto aqui tá uma delícia de ler – ainda mais levando em conta o desafio que foi fazer esse passeio tendo algumas traumas por não saber nadar. Bravo! 🙂

The revolt against tourism – The New York Times

19tourism-master675

Eu colocaria esse texto na minha categoria de links de filosofia, mas na verdade é uma matéria bem detalhada sobre o turismo no mundo e como os destinos regulam (ou não) suas atrações e adaptam sua estrutura para os visitantes. É que isso dá pano para a manga para pensar sobre como as pessoas viajam hoje em dia, o quanto o valor de uma viagem ficou inestimado perto de outros bens e por aí vai. O texto está em inglês, mas vale a pena se debruçar sobre ele 😉

33 genius travel accessories you didn’t know you needed – Buzzfeed

montagem2

Fones que cortam ruído, garrafa d’água com porta comprimidos e, o meu preferido, sutiã esconderijo são alguns dos itens da lista – e eu não sei vocês, mas eu realmente não sabia que existiam essas coisas! Vi a lista no Catraca Livre primeiro, mas a original é do Buzzfeed. Não sei se compraria essas coisas todas, mas dá super para adaptar algumas!

Links na bagagem :: Leituras da semana #11

Hoje quase fiz parzinhos de links: alguns têm conexão com outro por conta do tema. Recomendo, por exemplo, dois links sobre janelas e outros dois sobre Nova York. Para dar uma incrementada, coloquei no caldo Indonésia e minha musa Beyoncé (quem diria que ela apareceria por aqui). Divirtam-se!

A Beyoncé-inspired building will soon be a real thing in Australia – The Huffington Post

beyonce

Que as curvas da Queen Bey ganharam o mundo, isso todos já sabem (who run the world? o/). Mas agora o corpo da musa Beyoncé também serviram de inspiração para o formato de um prédio em Melbourne, na Austrália. A construção terá 68 andares e deve demorar 40 meses para ficar pronta. O escritório de arquitetura responsável pelo edifício, o Elenberg Fraser, declarou que o projeto é uma homenagem a cantora e foi inspirado nas imagens do clip da música “Ghost”. :O

Sobre viajar sozinha – Delícia de blog

raira

Minha amiga Raíra, viajada, ex-repórter da Viaje Mais e Guia 4 Rodas, tinha dado uma sumida do blog dela e voltou com dois posts ótimos inspirados em sua última viagem por Nova York <3. O que mais gostei foi esse, sobre viajar sozinha, por impulso, e ter sido maravilhoso. Me identifiquei muito com a sua descoberta de ser sua melhor companhia de viagem! E me identifiquei duplamente, porque foi em Nova York também que mais me curti sozinha. Keep posting, Rá!

Nova York quer construir primeiro parque subterrâneo do mundo – Mistura Urbana

parque ny

Falando em NY, achei super interessante essa notícia! Vai misturar sustentabilidade com um lado mais underground da cidade. A ideia do projeto é transformar um terminal de trem, abandonado desde 1948, em um parque subterrâneo. Além disso, prevê coletar a luz solar nos telhados circundantes e usar espelhos para refletir a luz para baixo. Se sair mesmo do papel, vai ser uma atração e tanto!

Línguas indonésia e portuguesa: semelhanças e confusões – Brasileiras pelo mundo

bunda

Eu não sei vocês, mas eu jamais imaginaria que seria possível encontrar semelhanças na língua indonésia com a nossa. Se bem que o papiamento, idioma de Aruba, tem umas palavras bem parecidas com as nossas e isso também me surpreendeu. Neste post, a Gisele Altoé, que mora na Indonésia, conta um pouco das surpresas e confusões vividas por lá quando descobriu essas palavrinhas em comum – mas muito diferentes em seus significados.

História das janelas falsas – Conexão Paris

janelas falsas

Já tinha visto em algum lugar, provavelmente em alguma reportagem, essas janelas falsas pintadas de forma tão realística que enganam os passantes. O que não sabia era da história que havia por trás dessa brincadeira artística. Parece que houve um imposto cobrado de acordo com o número de portas e janelas de uma propriedade, que fez surgir essas falsas fachadas. O que parecia ser só uma intervenção artística esconde um retrato de uma época.

Fotógrafo português viaja o mundo e coleciona incríveis imagens de janelas – Follow the Colours

windows

Hoje os assuntos estão quase todos conectados né? Ainda sobre janelas, achei lindo demais o projeto Windows of the World, do fotógrafo português André Vicente Gonçalves que retrata janelas pelo mundo. Ele já fotografou várias em Portugal e de outros países que visitou. Há de todos os tipos, cores e épocas. De acordo com o blog FTC, ele documenta as janelas de acordo com a linha arquitetônica e compara a evolução desde as primeiras, que eram apenas buracos na parede.

Links na bagagem :: Leituras da semana #10

Eba! Completamos 10 posts só de links legais relacionados ao mundo dos viajantes! \o/

O costume de reunir meus favoritos da semana em posts tem sido muito prazeroso e espero que útil para quem lê também. Vamos à lista da vez?

A ciclovia e um novo tempo na Avenida Paulista – Raquel Rolnik

ciclovia-paulista-mariana-pires

No domingo retrasado, dia 28 de junho, foi a estreia da ciclovia da Avenida Paulista, que ficou fechada para a circulação de carros. O dia foi definitivamente um marco histórico para São Paulo e um símbolo da transformação urbana que a cidade vem passando, com mais atividades culturais abertas ao público e maior incentivo a bicicleta como meio de transporte. Neste texto, a urbanista Raquel Rolnik traz um pouco da trajetória da Avenida Paulista (além de tudo, um ponto turístico também) e faz reflexões sobre o que foi este marco e o que pode vir pela frente.

Projeto Andarilha

Screen-Shot-2015-04-30-at-8.21.02-AM

A Ana Luiza Gomes, dona de um blog que eu adorava, o A Pattern a Day, criou mais um projeto lindo, o Andarilha. Em suas próprias palavras: “Caminho para registrar, salvaguardar e difundir histórias de pessoas criativas que também buscam, em sua cultura e em suas trajetórias de vida e família, referências para fazer projetos inspiradores”. No site, ela escreve uma história por mês e ainda mantém um blog com outros projetos e descobertas cheias de inspiração. Os textos são deliciosos de ler, vale o clique 😉

Qual câmera comprar? – Dicas de Fotografia

mapa-da-camera-850x401

Um dos sites mais didáticos e interessantes sobre fotografia está chegando ao fim 😦 mas está encerrando em alto estilo, com um ebook gratuito com todo o conteúdo já publicado e esse post maravilhoso, que é para salvar nos favoritos e espalhar para os amigos que estiverem em dúvida sobre qual melhor equipamento. E de cara a autora já adianta: se está no começo, compre qualquer uma.

No texto, ela faz uma analogia entre fotografar e cozinhar e explica: “Se você está começando a fotografar não vai fazer diferença a câmera que está usando. De início, o objetivo será aprender o básico: picar cebola! Ou, voltando pra fotografia, medir a luz, focar e compor. E isso dá para fazer com qualquer câmera que tenha controles manuais”. But don’t panic: depois ela traz detalhes sobre cada tipo de câmera para te ajudar.

10 fotos incríveis de longa exposição – 360 meridianos

longa-exposição

Falando em fotografia, essa seleção de imagens é para inspirar qualquer um a querer sair do sofá e fotografar o mundo agora! A longa exposição acontece quando você diminui a velocidade do obturador e assim permite que entre mais luz na câmera para registrar uma imagem. Para ter um resultado bem legal, é necessário ter um tripé para que a foto não saia tremida. E a seleção feita pelo 360 meridianos traz 10 diferentes situações em que a longa exposição transforma a foto.

Lugares de séries de TV que existem de verdade – Chicken or Pasta

28SEINFELD1-master675

Seinfeld, Friends, Sen and The City e tantas outras séries têm picos de Nova York como cenário. Aliás, o turismo de séries é algo de sucesso absoluto na cidade. O post acima traz uma relação desses lugares, mas não apenas na Big Apple, mas também em outras cidades norte-americanas. Dos que mais gostei (e me arrependo horrores de não ter ido) é a seleção dos lugares que apareceram em Seinfeld, meu seriado do coração – a lista dessa série especificamente foi feita pelo The New York Times.

Porque “não se preocupe com dinheiro, apenas viaje” é o pior conselho de todos os tempos@crismedias no Medium

1-EOJZ8lhdAD-2ieBMIYISHQ

Então, eu tenho uma tendência forte a gostar de textos que vão contra essa coisa de “largue tudo e vá dar a volta ao mundo”. Juro que não é coisa de gente amargurada que não fez isso, mas é que eu acho que esse “conselho” não serve para todo mundo, nem para qualquer momento da sua vida.

Viajar serve para curar muitas coisas e é maravilhoso, é óbvio, mas eu acho que começou a virar uma onda muito forte isso de largar tudo e ser nômade digital – e se você não é, é um looser, não sabe aproveitar a vida, é um idiota que está no sistema etc etc etc. E esse texto, apesar de meio raivoso, acho que explica bem que não dá para todo mundo viver assim e tá tuuuudo bem!

Links na bagagem :: Leituras da semana #9

Essa semana o assunto tá bem variado por aqui. Eu diria até que está numa fase hard news, com assuntos meio incomuns de aparecerem nos noticiários de turismo, tipo Haiti, o museu de armas da Rússia (!?!) e um iraniano dando uma daquelas volta ao mundo muito loucas.

Mas tem também duas dicas mais relacionadas à tecnologia, como o mapa mostra livros para cada destino e o infográfico que revela os lugares mais buscados em banco de imagens. Divirta-se!

O que eu aprendi com o Haiti – 360 Meridianos

museu-haiti

O Gustavo Azeredo conta neste texto suas impressões do país quando esteve por lá turistando. Isso mesmo, ele foi para o Haiti a passeio. Acabou se hospedando em um lugar que era “meio Ong meio hostel” e logo no primeiro dia já presenciou uma manifestação com pedras e pneus queimados. Mas também visitou museu, montanhas, cachoeira e praia com mar caribenho. Inusitado é pouco, vale a pena ler o relato!

Erros que a gente pensa que é muito esperto para cometer em viagens – Go to Gate

cdffeb648bd24a2ab34c726a552eb1c6

O blog da Bruna Caricati é demais e eu adoro quando ela faz essas listas com dicas mega práticas para viajantes. É o caso desta daqui, que reúne umas coisas que às vezes esquecemos, e outras que nem sabemos. Eu mesma uso super pouco as vantagens do meu cartão de crédito por pura preguiça falta de costume. Outro toque legal é a de verificar bem o carro que vai alugar e fotografar para não pagar por danos que você não causou.

Infográfico traz imagens dos países mais procurados do mundo – Follow the Collors

follow-the-colours-shutterstock-viagem-infografico-Travel-Header

Genial este infográfico do banco de imagens Shutterstock, que mostra quais países têm sido mais procurados no sistema. O resultado? Eu jamais acertaria: Madagascar. Outra informação interessante é a palavra-chave mais buscada. A que teve mais crescimento foi “aventura”. É legal para ter uma ideia das tendências de viagens 😉

Putin abre parque temático com armas ao invés de brinquedos – Marcelo Rubens Paiva

150617154742-01-russia-military-theme-park-exlarge-169

Daquelas coisas surreais que a gente encontra por aí: a Rússia está inaugurando a Disneylândia Militar. O presidente Vladimir Putin criou este parque para celebrar os grandes feitos da URSS, mostrar armas antes secretas e, pior, deixar crianças brincarem com  lançadores de granadas, tanques e afins. No final, a lojinha vende camisetas com o rosto de Putin e banners com dizeres patrióticos da Segunda Guerra. Tem gosto para tudo…

Iraniano para volta ao mundo em barco-bicicleta por multa da receita – Folha de S. Paulo

523101-970x600-1

Imagine topar no meio do trânsito com essa máquina? Minha amiga Andrezza teve a honra de encontrar esse barco-bicicleta estacionado na garagem do seu prédio e divulgou essa notícia bizarra. Apesar de o cara ter levado uma multa (e ser essa a notícia), eu já fiquei chocada com a aventura inusitada que esse cara se propôs.

Ebrahim Hemmatnia começou sua viagem em Dacar, no Senegal, com destino a Fortaleza. Depois de atravessar o Atlântico, ele veio pedalando até São Paulo. Após resolver as burocracias causadas pela Receita, ele pretende seguir até a Argentina, depois passar pelo Chile e pelo Peru e de lá atravessar o Pacífico até a Austrália! 😮

Google Maps dos livros mostra onde cada história se passa – Catraca Livre

mapa_de_livros

Minha amiga Maíra que postou esse projeto sensacional, o Lovereading. Uma organização britânica marcou em um mapa as localizações de diversas obras literárias – já são mais de 200! Por enquanto ainda não inclui o Brasil, mas a boa notícia é que qualquer um pode adicionar itens ao mapa. A ideia resultou em uma ferramenta ótima que pode te ajudar a escolher o livro de acordo com o destino ❤

I was going through followers other day – Oh I see Red!

6uIH0i2

Pra fechar, um texto que nada tem a ver com viagem, mas com blogs. A artista Red Hong Yi, que faz retratos incríveis de tudo quanto é tipo de material, compartilhou esse manifesto que diz basicamente: não desista do seu blog. O autor conta que vários sites que acompanha dão intervalos longos e às vezes nunca mais voltam a ser atualizados.

Ele pede que insistam em seus relatos, mesmo tendo poucos leitores, pois o objetivo não pode ser só audiência. A ideia é ver o seu blog como uma contribuição sua para o mundo, que cada um tem sua voz e sua visão e nenhuma merece ser descartada. Ler isso me deu ainda mais gás para manter o Papetes atualizado, aconteça o que acontecer 🙂

Links na bagagem :: Leituras da semana #8

Após duas semanas insanas de trabalho, volto com mais links e leituras relacionadas ao universo de viagens. Foi até bom dar uma pausa para acumular bastante coisa legal!

Prevejo até que esta seção dê mais pausas pela frente. Afinal, links legais encontramos todos os dias, mas só sobre viagem às vezes fica difícil. Pra não forçar a barra, pretendo reunir só quando tiver coisa bacana meeeesmo. Melhor assim, né?

O azedo de Cuba – Volto pro almoço – Viagens pela boca

salgado_cuba

Um dos blogs mais incríveis que conheci nos últimos tempos! Quem faz é a jornalista Priscila Dal Poggetto, ex-colega de Diário do Grande ABC. Me surpreendi, pois ela trabalha há um tempão com a editoria de carros, mas quem diria, é uma viajante/cozinheira/cronista de primeira! Ela conta histórias dos lugares e pessoas que conheceu em suas viagens traçando um paralelo com a culinária local.

E tem mais: no final, ainda coloca uma receita do prato ou bebida em questão – preparada por ela mesma. E como já era de se esperar, as histórias que mais me fisgaram foram as de Cuba, que estão fresquinhas no site. Além do azedo citado acima, tem o Salgado, o Picante, o Amargo e o Doce de Cuba.

Seja um turista na sua própria cidade – Indiretas do Bem

turista_cidade

Esse texto é curtinho, mas imprime uma ideia simples, porém muitas vezes complexa de colocar em prática, que é olhar seu próprio habitat com novos olhos – como os de um turista. Lembro que senti isso quando comecei a fotografar com o celular. Vivia em busca de coisas fofas ou inusitadas no dia a dia, e sabe, é só abrir bem os olhos que dá pra achar algo interessante por aí e dar aquela renovada diária no astral.

Muito antes da internet, Guia 4 Rodas foi Bíblia de viajantes brasileiros – UOL Viagem

tres-edicoes-do-guia-4-rodas-em-67-em-77-e-89-1433377287590_615x300

Momento autopromoção do post: essa foi uma das matérias mais gostosas de fazer para o UOL. Primeiro pelo momento histórico, que é o fim dessa publicação importantíssima para qualquer um que já tenha viajado pelo Brasil de forma independente. Segundo pois tive a chance de conhecer mais sobre o próprio Guia, ao pesquisar sua trajetória.

E terceiro por ter entrevistado gente bacana e cheias de aventuras para contar, como o Artur Veríssimo e o Maurício Kubrusly. Se você se interessa pelo assunto, sugiro ainda outro link: 50 anos do Guia 4 Rodas, onde tem MUITO mais história!

A aflição do relaxamento – Chicken or Pasta

relax

Da série “filosofias de viagem”, esse texto é um belo desabafo que casa muito com o que penso sobre “obrigações de turistas”: uma chatice! O post fala dessa coisa que é voltar de uma viagem e ser questionado sobre os lugares que foi ou não e ser até julgado pelas pessoas por não ter aproveitado o suficiente ou não ter conhecido de verdade uma cidade. Até porque, isso é passeio e descanso ou uma maratona de quem vê mais atrações por minuto?

Amor em escalas – Papo de Homem

up-in-the-air_07

Esse texto vem direto do túnel do tempo (ou, no caso, do Timehop). Foi publicado há dois anos, mas reencontrei e achei que valia o compartilhamento. A autora encontra semelhanças entre a forma com que lidamos atualmente com o amor e com nossas viagens: ambos são temporários e pequenos luxos. E lembra também que após uma separação, muitos acabam querendo, quase precisando, mudar de cidade ou cair na estrada.