Travel Tattoo :: Bruna Caricati

bruna5

Fotos: Arquivo pessoal da Bruna

Há quem goste tanto de viajar que dá um jeito de transformar toda sua vida em função de suas andanças. Uma autêntica nômade digital, a jornalista Bruna Caricati, 26 anos, já morou em cinco países e não pretende parar tão cedo de rodar o mundo. As aventuras começaram já na faculdade: morou um tempo na Espanha e no final do curso foi para Guiana Francesa para escrever um livro-reportagem sobre o país. Depois de formada, mudou-se pra Londres, em seguida para Itália, Bélgica, Uruguai… ufa!

Há cinco anos ela mantém o blog Go to Gate, onde entre um relato e outro ela dá dicas ótimas e bem práticas de viagem, e agora escreve também para o site Brasil Post, ao mesmo tempo em que faz frelas e planeja os próximos embarques – e as próximas tatuagens também. Bruna tem duas relacionadas com viagens e conta aqui quais foram suas inspirações:

bruna3

Quantas e quais são as tatuagens que você tem?
Tenho duas: no ombro tenho uma rosa dos ventos com um avião de papel saindo dela e um on the road escrito no braço com letra de máquina de escrever.

Quando e onde foram feitas?
A primeira que fiz foi a rosa dos ventos. Fiz com o super tatuador Victor Octaviano, que conheci por causa de uma reportagem que fiz com ele. A ideia era fazer essa tatuagem naquele modo aquarela, mas ele me convenceu de que seria melhor não fazer assim. Confiei e deixei ele fazer do jeito que achava melhor. No fim, amei o resultado e saiu muito melhor do que a ideia que eu tinha em mente.

Essa tatuagem fiz quando voltei da Bélgica, onde morava no momento, e estava em São Paulo visitando minha família antes de me mudar para o Uruguai. Como eu estava numa fase de transição decidi fazer essa tatuagem para simbolizar minha vida, que, naquele ano, era nômade e eu estava sempre mudando de lugar.

A rosa dos ventos representa isso para mim, uma direção que me leva a uma nova vida. Uma direção aleatória e incerta – que é isso que me deixa feliz: não ter destino certo, não ter planos.  O aviãozinho de papel era só um chame a mais, pois foi um ano que peguei incontáveis voos.

bruna4

Já o on the road fiz quando voltei do Uruguai e me estabeleci de novo em São Paulo. Tem vários significados. Um: sim, é por causa do livro. Primeiro porque é um livro que gosto muito e sou meio viciada em Jack Kerouac no geral. Acho que o livro “On the Road” marcou uma geração de jovens aventureiros e é onde vejo a inspiração para cair na estrada sem rumo, sem planos, que é o que fiz.

A tipografia da minha tatuagem é imitando letras de máquina de escrever, porque, bom, sou jornalista e escrever faz parte da minha vida. E o outro significado é o literal: on the road, que é o que faço e quero fazer pro resto da minha vida.

Como foi a escolha do desenho que ia tatuar?
A rosa dos ventos eu vi em pesquisas no Google, mas pesquisei pelo desenho dela mesmo e não por tatuagens. Levei para o tatuador e ele trabalhou a ideia dele em cima da imagem que eu levei. Criamos um desenho novo, fugindo um pouco do formato real. Ele deu uma pirada na ideia e eu aceitei.

bruna1

O on the road veio da minha cabeça, não vi em nenhum lugar. O tipo de letra também (de máquina de escrever), mas o tatuador que pesquisou a tipografia e me mostrou algumas sugestões.

O que te inspirou a fazer?
Sempre quis fazer uma tatuagem, mas não sabia o que me inspirava, o que era uma motivação na minha vida. Morar forar, ser nômade por um tempo me transformou e eu vi que a minha vida é isso. Então, decidi que minhas tatuagens deveriam representar essa essência da minha vida.

Tem planos de fazer outras? Quais e por quê?
Sim! Em breve quero fazer uma outra, que também é escrita. Estou entre um poema do Robert Frost e um do Bukowski. Uma diz “Miles to go before sleep” e outra diz “If you’re going to try, go all the way. It’s the only good fight there is“. Mas não sei ainda. Acho que essas são bem batidas, porém, representam coisas importantes pra mim.

bruna2

E você, tem alguma tatuagem que tenha sido inspirada por alguma viagem? Conte a sua história também! Mande para papetespelomundo@gmail.com

Veja mais posts da série Travel Tattoo!

Anúncios

Um comentário sobre “Travel Tattoo :: Bruna Caricati

  1. Pingback: Links na bagagem :: Leituras do mês #2 | Papetes pelo mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s