Travel Tattoo :: Raíra Venturieri

raira1

Foto: Paulo del Valle

Uma viagem pode ser tão impactante na vida de alguém que guardar fotos e lembranças pode não ser o suficiente. Daí que muita gente tatua na pele seu amor por um lugar ou algum símbolo que represente essa experiência. Por isso resolvi dar início a essa série de posts sobre tatuagens de viagem.

Para começar, apresento aqui a Raíra Venturieri. Ela é jornalista, trabalha atualmente na agência STB, mantém o Delícia de Blog!, mas antes passou pelas redações da revista Viaje Mais e Guia Quatro Rodas. Já fez viagens incríveis para o Canadá, Itália, Espanha, Suíça, África do Sul, Belém do Pará e vive fazendo a ponta aérea SP-Rio. A gente se conheceu numa viagem mágica para o Atacama em 2010, fizemos a amizade subir a cordilheira e seguimos amigas até hoje <3. Leiam abaixo as histórias incríveis sobre suas travel tattoos.

Quantas e quais são as tatuagens que você têm?
Tenho três tattoos: umas flores no pé, um muiraquitã no braço e um elefantinho na costela.

raira3

Foto: Arquivo pessoal

Quando e onde foram feitas?
A do pé foi a primeira, eu tinha uns 19 anos (tipo 2008), queria uma tattoo e amei o desenho. No fundo não tem nenhum significado, além de eu querer (e poder!) desenhar algo na minha pele pra sempre só porque é bonito. Fiz aqui em SP, no Tattoo Dreams.

Depois fiz o muiraquitã, que é um amuleto da Amazônia. Tem uma história super legal por trás, porque é um amuleto que as índias amazonas (aquelas guerreiras!) faziam para seus parceiros de outras tribos, para protegê-los. Também é um símbolo de fertilidade. Acho uma coisa meio girl power!

Mas a verdade é que pensava em tatuar o muiraquitã desde criança, porque minha mãe é paraense e tínhamos um em casa. Aí em 2013 eu fiz uma viagem pelo Pará pra fazer o Guia Quatro Rodas, e foi incrííível! Minha mãe, que é bióloga, me acompanhou por boa parte do roteiro e a experiência foi maravilhosa. Então, já de volta a SP, eu decidir tatuar – pra marcar a viagem, a minha origem e a relação super próxima que tenho com minha mãe. E meu girl power!! Fiz no Tattoo Dreams também.

Já o elefantinho foi um desejo que surgiu depois que fui pra África, em 2012. Foi emocionante ver os animais no habitat natural, livres, selvagens. O ponto alto dessa viagem foi um cruzeiro pelo Chobe River, entre a Zâmbia e a Botswana, em que elefantes bebiam água e se refrescavam nas margens do rio estreito. Era tão lindo que chorei na primeira vez que vi! hahaha Desde então me apaixonei por esses animais, que além de lindos são super fortes e leais.

Fiquei com muita vontade de tatuar, mas com certo receio por ser um desenho meio difícil, com alto risco de ficar tosco. Então, quando estava em oooutra viagem – em Miami, agora em 2015 – conheci uma tatuadora incrível em South Beach. Além de talentosa, era mulher e já falei que adoro um girl power, né? Aí bolamos o desenho e eu fiz lá, de impulso. Ela se chama Maria Acevedo e tatua no Salvation Tattoo Lounge. É minha tattoo favorita, amo muito!

raira6

Foto: Paulo del Valle

Como foi a escolha dos desenhos? Bateu o olho e gostou? A ideia veio de uma vez?
As flores no pé eu disse mais ou menos o que eu queria, ele desenhou direto no pé na hora e eu amei. Simples assim.

O muiraquitã eu pedi pra um amigo meu super artista, o Stefano, desenhar pra mim. Queria um desenho que fosse só meu, e também uma versão mais fofa do amuleto, que afinal de contas é um sapo né gente? hahaha

O elefantinho eu pesquisei 95947362 imagens de elefante no Google, no Pinterest e no Instagram. Até que achei um fofinho, pedi pra tatuadora fazer umas adaptações (trombinha pra cima, coraçãozinho, sombreado) e pronto, puro amor.

Tem planos de fazer outras? Quais e por quê?
Faz um tempinho que quero fazer duas, umas flores no braço e uma setinha no dedo (a hipster né). Mas não têm significado nenhum, e sempre que eu tenho ideia de uma tattoo eu seguro por um tempo pra ver se ainda quero. Acabei de voltar de uma viagem incrível pela Grécia, Itália e Paris, e seria bem legal fazer um desenho pra marcar esse momento. Ainda não bolei. Mas sabe que só de escrever aqui já me vêm umas ideias? hahaha 🙂

raira2

Foto: Paulo del Valle

E você, tem alguma tatuagem que tenha sido inspirada por alguma viagem? Conte a sua história também! Mande para papetespelomundo@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s