Links na bagagem :: leituras da semana #4

Essa semana tá cheia de boas leituras! Tem dois livros novos com tema de viagem, museu reinaugurado em Nova York, perrengues na Venezuela e histórias de gente que cozinha para turistas espalhados pelo mundo (aqui no Brasil também tem!). Bora clicar?

Trip Book, um livro que altera a história de acordo com a localização do leitor – Brainstorm 9

Marcelo Rubens Paiva, no vídeo de lançamento do Trip Book

Marcelo Rubens Paiva, no vídeo de lançamento do Trip Book

“A nova tecnologia com o velho prazer de contar uma história”. É a frase que o escritor Marcelo Rubens Paiva usou para definir esse projeto-campanha do programa de milhagens da Gol, o Smiles. Ele escreveu um romance, disponível para e-books, que de acordo com a localização do leitor poderá ter as informações alteradas.

Por exemplo, se você estiver no Rio de Janeiro lendo o livro e viajar para Paris, o enredo vai se transportar para a cidade francesa. A trama continua a mesma, basicamente só mudam as ruas, parques e atrações turísticas. As cidades em que a brincadeira é possível são Lisboa, Buenos Aires, Roma, Rio de Janeiro, Paris e Nova York. Genial, não? Quero ler – conto por aqui depois 😉

Carioca cozinha feijoada para gringos e faz fama em site para viajantes – UOL Comidas e Bebidas

O título fala de um carioca, mas essa foto é de um cozinheiro francês que serve refeições para turistas em Paris. Foto: Divulgação/Eat With via UOL

O título fala de um carioca, mas essa foto é de um cozinheiro francês que serve refeições para turistas em Paris. Foto: Divulgação/Eat With via UOL

A Estefani Reis, do Malaguetas, fez uma reportagem super interessante sobre os aplicativos que promovem encontros gastronômicos pelo mundo, como o Eat With e o Eat Feastly. Na matéria ela explica como funciona esse esquema e conta histórias dos cozinheiros que vêm se dedicando a receber turistas e reunindo pessoas durante as refeições. É tipo um AirBnb de comida! Tô louca para experimentar isso em uma viagem – ou mesmo aqui em São Paulo.

“Isto não é um museu. É uma ideia” – Publico

Edifício do novo Whitney Museum em Nova York. Foto: Público

Edifício do novo Whitney Museum em Nova York. Foto: Público

Até há pouco tempo instalado no Upper East Side, o Whitney Museum foi reinaugurado no bairro Meatpacking, em Nova York, na boca do High Line. O novo prédio foi projetado pelo arquiteto italiano Renzo Piano (o mesmo que fez o Centro Georges Pompidou, em Paris) e a estrutura é toda geométrica – segundo a reportagem, “concebido para reflectir o carácter industrial do núcleo urbanístico onde se insere”.

O museu tem seis andares dedicados a exposições, restaurante, lojinha e terraço com vista para os símbolos de Nova York. E a reportagem traz um pouco da história do museu e o desafio de se reinventar no espaço novo.

7 motivos para você não visitar a Venezuela – Viagem em Pauta

Vista de Caracas, capital da Venezuela. Foto: Julio César Mesa/Flickr-Creative Commons via Viagem em Pauta

Vista de Caracas, capital da Venezuela. Foto: Julio César Mesa/Flickr-Creative Commons via Viagem em Pauta

O Edu Vessoni, repórter e fotógrafo de viagem, passou maus bocados quando foi para a Venezuela durante seu mochilão pela América Latina em 2009. Já se passaram seis anos desde os ocorridos (não foi uma má experiência, foram algumas) mas o alerta continua válido para quem pretende viajar para lá. Conheço gente que foi e não passou por grandes perrengues também, mas é bom ficar atento e, se for, que vá bem prevenido 😉

Fantastic Cities: um livro de colorir para adultos urbanos – Follow the Colours

fantastic_cities

Essa dica é especial para quem entrou na onda de colorir livros e é fã do tema viagem. Imagens de Nova York e San Francisco, tanto aéreas quanto de bairros e construções arquitetônicas, estão nas páginas deste livro esperando pelos lápis de cor. Mas calma que ainda falta um tempinho para lançar: só no dia 7 de julho vai estar à venda pelo site da Chronicle Books.

Links na bagagem :: leituras da semana #2

Essa semana tem mais Cuba e Nova York, mas tem também curiosidades sobre as cores, dicas úteis para viajantes sobre sites de hospedagem e amenities de hotéis e imagens de satélite pelo mundo.

O significado das cores ao redor do mundo – Follow the Colours

Foto: Shutterstock, via Follow the Colours

Foto: Shutterstock, via Follow the Colours

O FTC, meu blog do coração, vem fazendo um especial muito bacana com curiosidades sobre cada uma das cores, o Gotas de Cor. Mas o post da vez é bem para quem gosta de viajar: a Carol, autora do site, mostra o significado de cada cor para diferentes países e culturas. Quem diria que o branco é cor de luto em alguns lugares? E o amarelo, que pode representar inveja, você sabia? O mais legal é que as imagens que ilustram o post são lindas de morrer.

Entrevista: Luiza Voll – IdeaFixa

Foto: Luiza Voll, via IdeaFixa

Foto: Luiza Voll, via IdeaFixa

A Luiza é uma das criadoras do Instamission, junto com a Dani Arrais, do Don’t Touch My Moleskine. Tem muita coisa por aí na rede sobre o lado empreendedor da dupla, mas dessa vez fizeram uma entrevista diferente com a Luiza: sobre viagens. E entre as várias coisas bacanas e inspiradoras que ela conta, a mais bonita é a história de um cubano que ela e o namorado conheceram na viagem pela ilha. Acabaram ficando na sua casa e criaram uma relação forte com ele e sua família. Coisa linda!

Obs: Quando a Luiza foi viajar, o Micky, nosso amigo em comum, nos apresentou (eu e o Daniel) pra trocarmos dicas com o casal. E no final eles nos fizeram um lindo favor: levaram para a Yaqueline e a Sonia, que nos hospedaram em Trinidad, fotos da Igreja Virgen de la Caridad, que elas não conheciam pessoalmente. Valeu Luiza e Pedro ❤

Como avaliar as opiniões do TripAdvisor e outros sites de review? – Sundaycooks

Foto do Hotel B, em Lima, via Sundaycooks

Foto do Hotel B, em Lima, via Sundaycooks

Quer pesquisar mais sobre um hotel ou atração turística e fica perdido no meio de tantos comentários de usuários? Então dê uma olhada nesse guia que o Fred Marvilla fez para ajudar a achar a informação que você procura, por onde começar e saber o que vale ou não a pena dar importância.

Fotos da Times Square feitas por um bartender nos anos 70 – Daily Mail

Foto: Sheldon Nadelman, via Daily Mail

Foto: Sheldon Nadelman, via Daily Mail

Semana passada já tinha me encantado com um ensaio parecido feito na mesma época e na mesma cidade, só que no Harlem. Agora olhe essas fotos e imagine o tanto de glamour que tinha a Times Square naquela época. Quase zero perto de hoje né? O mais bacana é que os registros foram feitos por um cara que trabalha em um bar por ali, o Terminal. Sheldon Nadelman, o fotógrafo-bartender, tem hoje 80 anos. As fotos feitas entre 1973 a 1982 retratam em sua maioria prostitutas e moradores de rua.

Timelapse com imagens de satélite de vários lugares do mundo

Print da página do World Time

Print da página do World Time

O site world.time.com/timelapse mostra a evolução de diversas regiões e cidades do planeta em vídeos no esquema timelapse. Gravadas no início da década de 80 até hoje, as imagens mais impactantes são as já destacadas na página, como Dubai e a Floresta Amazônica. Mas você pode ficar brincando de ver a sua cidade ou qualquer outro lugar clicando em “Explore the World” – dá para sentir mais o impacto quando é uma região menos urbana. Coloquei El Calafate e teve mais movimento que São Paulo ou Nova York. Mas é bem legal! Via Raphael Prado.

As coisas que você pode (e as que não pode) “surrupiar” de um quarto de hotel – Blog Achados

Foto via blog Achados

Foto via blog Achados

A Adriana Setti vira e mexe posta umas reflexões que eu adoro no seu blog da Viagem e Turismo. Dessa vez, o texto é mais uma utilidade pública. Afinal, o que é mesmo permitido levar de um hotel? Uma aula de bom senso às vezes é necessária para ninguém pagar mico tipo o Ross naquele episódio de Friends. Recordar é viver (veja inteiro, vale a pena!):